sábado, outubro 21, 2017

BERTA CARDOSO














Este é um pequeno excerto de um filme realizado pela RTP(2) em 1982, a celebrar as Bodas de Ouro da actriz-cantadeira Berta Cardoso, único registo em filme que ainda existe, creio eu, de uma das mais importantes fadistas do século passado. Quis hoje (02.11.2017) lembrá-la aqui, uma vez mais, homenageando nela todos os que, com o seu talento, trabalho e dedicação, fizeram do Fado um ex-libris nacional e o guindaram a Património Imaterial da Humanidade.
A gravação foi feita na "Viela" - "o último reduto fadista" - de que era proprietário o fadista Sérgio e onde então também cantava a fadista Eduarda Maria; como guitarrista, o António Proença e, como violista, Amadeu Ramin.
Espero que apreciem esta Desgarrada.

sábado, julho 01, 2017

É LOUCURA, QUE EU BEM SEI



O verbete de hoje é dedicado a MARIAMELIA, actriz e fadista, criadora daquele fado tão simbólico que, ou com a letra original (do Britinho e de Júlio de Sousa) ou outra, quase todos os fadistas acabam (ou começam) por cantar e integrar no seu repertório - o LOUCURA.  O autor da música é o multifacetado artista Júlio de Sousa, autor de outros fados que igualmente continuam a ouvir-se (e a agradar) na boca dos mais antigos e dos mais modernos fadistas. Razão bastante para os recordar e homenagear

domingo, junho 18, 2017

sexta-feira, junho 16, 2017

ANA MOURA - "A Fadista"


Tudo em grande: 
a letra, de Manuela de Freitas, 
a música, de Pedro Rodrigues, 
a intérprete - Ana Moura,
os instrumentistas

sábado, junho 10, 2017

SER PORTUGUÊS



Um fado para hoje e sempre - "Ser Português", na voz de Rodrigo, com letra de Rogério Martins e música de António Parreira.

domingo, maio 07, 2017

AMOR, SAUDADE e MÃE


Um poema de Armando Neves, do repertório de Berta Cardoso, a celebrar o Dia da Mãe com "as três palavras mais belas que a nossa língua contém... Amor Saudade e Mãe"


autor de uma das mais notáveis letras de fado - Cruz de Guerra - poema com que obteve o 1º Prémio de Poesia (1935) e que foi expressamente escrito para a grande figura do Fado de então - Berta Cardoso -, poema cuja tónica recai igualmente nessas "três palavras mais lindas" da nossa Língua ... Mãe, (que é) Amor e (que é já ) Saudade... (e também) Dor


Saudade, Mãe!
Maior Amor
Maior a Dor

segunda-feira, abril 17, 2017

VICÊNCIA LIMA - "Poeira do Amor"

VÍDEO DE HOMENAGEM


Vicência Lima, que já aqui lembrei e também neste verbete, era uma genuína cantadeira, muito apreciada por quem, como eu, gosta do "Fado Fado"... 
Há já alguns anos que se encontrava retirada das casas de fado, mas haverá, por certo, quem ainda se lembre dela. Partiu hoje e, a lembrá-la, aqui fica mais um registo (dos poucos que deixou) de uma das suas interpretações com um sabor todo castiço.
Obrigada.
Até sempre... 

quinta-feira, março 23, 2017

Quem te viu e quem te vê!...




"Ai Fado, Fado!
Quem te viu e quem te vê.
Andas agora à mercê
Dum falseado renovo
Mal empregado
O tempo que tu perdeste
A fazer como fizeste
Vibrar a alma dum povo"

Uma letra de Jorge Rosa (caricaturista, pintor e um dos grandes poetas de fado), música de João Alberto (guitarrista, compositor e letrista), na voz da veterana e consagrada fadista Mariana Silva.

terça-feira, março 21, 2017

O CRUEL E TRISTE FADO



BrancoeNegro

Rocha Peixoto, notável naturalista, professor, antropólogo, etnólogo e escritor... 

quarta-feira, março 01, 2017

O fado de Quarta-Feira de Cinzas

I.P.1923

D.L.1968

Dos fadistas em notícia, ainda se encontra entre nós a Mariana Silva, de quem se pode "ouver", no youtube, vários registos, como este, por ex.



Da Emília Reis, do Júlio Peres, Luís Braga e Manuel Calisto, pode também encontrar, entre outros, estes vídeos







G.P.35

e da Maria da Saudade, é que não encontrei fosse o que fosse...

D.L.53

Não haverá por aí alguém que tenha um registo sonoro destas cantadeiras?